Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Comida típica dos Açores: Cozido das Furnas

por John Soares, em 07.11.20

1.jpg
Essa é imperdível para quem vai a São Miguel, a maior ilha do arquipélago. O Cozido das Furnas tem uma forma de preparo única. Ele é feito sob a terra, com panelas enormes sendo enterradas na área aquecida pelo vulcão.

Para ver toda a função é só ir até a Lagoa das Furnas. Lá tem um campo de fumarolas, que são aberturas na crosta terrestre, de onde saem vapor de água e gases.

 

dav

 

Nesse campo, foi criada uma “zona de cozidos”, cheia de buracos como esse.

 

 

Alguns dos buracos são reservados para os restaurantes que servem o prato. Outros podem ser utilizados por qualquer um que chegar lá.

As panelas com os ingredientes ficam enterradas de 6 a 8 horas. Quem chega na lagoa entre 12h e 15h, com certeza verá alguma das panelas sendo retirada da terra quente.

 

sdr

 

O cozido é então levado para os restaurantes que servem o prato. São vários. O mais tradicional é o Tony’s. O restaurante do Hotel Terra Nostra também serve um cozido bem famoso.

A principal diferença é que o primeiro é um restaurante bem simples e o outro fica em um hotel de luxo. Isso resulta em diferenças na variedade dos ingredientes e na maneira em que o prato é servido. Em termos de sabor, eles são muito parecidos.

Provamos os dois. Para uma experiência mais autêntica, sugiro o do Tony’s. Afinal, estamos falando de um prato tradicional, simples, preparado pelos habitantes da região para consumo próprio há muito tempo.

 

dav

 

Para um almoço mais gourmet, o do hotel é melhor.

A variedade de ingredientes é maior, o prato vem acompanhado por uma jarra de caldo do cozido e, ao invés de chegar na mesa em uma travessa servida, o garçom coloca ingrediente por ingrediente no prato, enquanto explica o que cada um é.

É mais caro, mas compensa para quem gosta desse tipo de experiência.

Entre as outras opções de restaurante, o Caldeiras e Vulcões chamou a minha atenção. Oferece, além do cozido, outros pratos preparados nas fumarolas, incluindo feijoada.

Para os mais valentes, esse post do blog Viajar entre Viagens ensina como você pode fazer seu próprio cozido nas fumarolas do vulcão.

O chã das caldeiras

Aproveitando que já estamos em Furnas: no centro da freguesia fica uma área conhecida como Chã das Caldeiras. É uma praça, onde há várias fumarolas e, também, várias nascentes de águas minerais.

Essa é uma das maiores fumarolas, conhecida como Caldeira do Asmodeu. A água sai da terra com temperatura de 98,8º C.

 

dav

 

São várias dessas no parque. O enxofre deixa as pedras amareladas e solta um cheiro forte, que se esparrama por toda a região.

Tem também muitas fontes de águas minerais na Chã das Caldeiras. A mais famosa é a da Água Azeda. A gente provou. É esquisita… mas dizem que faz desaparecer caspa e que ajuda na digestão.

 

dav

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:05


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D