Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ser mãe solteira ...

por John Soares, em 11.06.19

- a - 1 -.jpg

Ser mãe solteira...

 

Ser mãe solteira, divorciada, separada ou viúva é um trabalho extremamente árduo... Somente quem cria filhos sozinhos sabe perfeitamente do que estou a falar...

Em determinada altura da vida somos obrigadas a cuidar e a proteger os nossos filhos sozinhas, não importa muito as razões que levaram a esse acontecimento...

Subitamente todas as responsabilidades e decisões recaem sobre uma única pessoa...

Para além do trabalho para sustentar a família chega-se a casa e existem inúmeras tarefas para realizar... Parece que nunca terminam as actividades, as tarefas, as responsabilidades...

Gradualmente as noites tornam-se mais curtas... De 10 horas de sono, passamos para 8...6...4...nenhuma... Sim porque quando durante o dia não conseguimos realizar tudo, as noites deixam de existir... Ou pelo menos com o contexto de dormir...

Neste contexto alucinante de tarefas... Que se prolongam durante anos... Deixamos de ter tempo para nós próprias... Simplesmente porque não temos tempo...

Outras vezes por sentimentos de culpa deixamos de conviver com os outros... Para além da exaustão profunda deste ritmo, achamos que não é justo deixarmos os nossos filhos com outros e sairmos...

Isto quando existe um suporte familiar de auxílio que permita essa mãe poder respirar... Quando não existe as coisas ainda se tornam mais complicadas...

O engraçado... É que muitas das vezes do outro lado existe outra pessoa... Sim... Um filho não se faz sozinho por geração espontânea...

Engraçado como essa pessoa segue a sua vida de forma tranquila e se esquece rapidamente dos filhos que tem...

Se esquece rapidamente que estes também necessitam de atenção... De cuidados... Aliás... Engraçado... Mas as crianças todos os dias têm de se alimentar, têm o direito a estudar, a serem saudáveis e simplesmente a brincar...

É realmente estranho que rapidamente todos estes direitos se esqueçam... Que perante uma sociedade dita civilizada se pratiquem ainda os valores do século XII... Onde somente as mães têm que abdicar da sua vida e de serem pessoas para simplesmente serem mães...

Realmente entristece--me esta sociedade... Esta Justiça cega... Que valoriza mais umas chamadas ou visitas casuais e raras... Que as necessidades de alimentação da criança...

Ou então uma sociedade e justiça em que somente a mãe é responsável por responder às necessidades das crianças... Pois não existem punições, simplesmente não existe justiça...

E não me digam a mim que pensam ou protegem o bem estar das crianças... Pois o principal para uma criança é ter saúde... Ter educação... Ter alimentação... Ter amor... Quem não faz todos os sacrifícios possíveis para dar isto aos filhos... Simplesmente não as ama...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:33


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D